Blog

Sua saúde: como fazer a prevenção de doenças?

A prevenção começa por hábitos saudáveis, seguidos por check ups médicos. Geralmente prescritos a partir dos 35 anos, tanto para homens quanto para mulheres, o check up é uma bateria de exames solicitados pelo médico que dá um diagnóstico detalhado acerca do funcionamento das funções do organismo.

Quando há uma doença pré-existente, o médico deve definir qual a periodicidade do check up.

Se este não for o seu caso, você sabe a periodicidade com a qual deve consultar seu médico?

  • As crianças devem fazer a primeira visita entre 7 e 10 dias após a alta hospitalar, e durante o primeiro ano as visitas são mensais. Entre 1 ano e 1 ano e meio: de 2 em 2 meses. Entre 1 ano e meio e 2 anos: de 3 em 3 meses. Entre 2 e 3 anos: de 4 em 4 meses. Entre 3 e 5 anos: de 6 em 6 meses. Dos 5 anos até o final da adolescência: 1 vez por ano.
  • Gestantes devem consultar o médico assim que descubrirem a gravidez. Até o sexto mês as consultas são mensais, depois até os 8 meses a cada 3 semanas, e no último mês a cada quinze dias ou até semanais.
  • Adultos: Homens a partir de 40 anos devem consultar o proctologista anualmente, ou se tiver histórico de cancêr na família, a cada 6 meses. Mulheres a partir de 40 anos devem consultar o ginecologista a cada 2 ou 3 meses.

De maneira geral, o check up completo deve ser feito anualmente, para prever e prevenir doenças naturais causadas pelo envelhecimento. Exames de sangue completos para descobrir as taxas de glicose e colesterol no sangue, assim como vírus como o HIV devem ser feitos também anualmente, assim como exames de audição e visão. Pressão arterial também deve ser checada com regularidade, prestando atenção em qualquer modificação brusca nos resultados.

  • Idosos em condições saudáveis podem fazer os exames e consultas anualmente, mas caso haja excesso de peso ou doenças mais graves, tais exames devem ser feitos com maior periodicidade, semestralmente ou trimestralmente.
  • Portadores de doenças e condições especiais: Com histórico familiar de câncer ou problemas no coração, por exemplo, ou tenha diabetes, ou doenças degenerativas, a frequência de consulta deve ser praticamente mensal, dependendo também da orientação de seu médico.

Lembrando que este é um roteiro básico, e que cada um deve traçar com o seu médico a periodicidade das consultas e exames.