Blog

Câncer de Ovário: Sintomas, Prevenção e Tratamento

O que é?

O câncer de ovário é o segundo tipo mais comum de tumor ginecológico, atrás somente do câncer de colo de útero. A maior parte dos tumores de ovário (95%) são derivados das células que revestem o ovário (epiteliais). O restante origina-se de células que formam os óvulos (germinativas) ou que produzem maior parte dos hormônios femininos (estromais).

Já foram registrados 6.650 novos casos em 2020.

Fatores de Risco

  • Idade avançada;
  • Fatores reprodutivos ou hormonais;
  • Menarca (primeira menstruação) precoce (antes dos 12 anos);
  • Menopausa tardia (depois dos 52 anos);
  • Infertilidade;
  • Hereditariedade (casos na família);
  • Fatores genéticos;
  • Excesso de peso corporal.

Sintomas

No início, os sintomas do câncer de ovário podem não se manifestar. Conforme o tumor se desenvolve, ele pode causar:

  • Pressão, dor, ou inchaço no abdômen, pelve, costas ou pernas;
  • Náuseas;
  • Indigestão;
  • Gases;
  • Prisão de ventre ou diarreia;
  • Fadiga (cansaço) constante.

Tratamento

Existem dois tipos de tratamento para a doença: cirurgia ou quimioterapia.

Alguns fatores são determinantes para a escolha do melhor tratamento, como o tipo histológico do tumor, estadiamento, idade, condições clínicas da paciente, ou se o tumor está em fase inicial ou não.

Prevenção

Fique atenta aos fatores de risco e consulte regularmente seu médico, principalmente após os 50 anos.

Atenção: o exame preventivo ginecológico (Papanicolau) não detecta o câncer de ovário, visto que, só detecta o câncer do colo do útero.

Mais informações

INCA (Instituto Nacional de Câncer)